O que tem na lancheira das crianças?




A tarefa de pensar no lanche das crianças para todos os dias - muitas vezes mais de um lanche por dia - pode ser algo cansativo e que demanda um tempo maior do que o desejado pelos pais, tanto no seu planejamento quanto na sua execução, principalmente quando há a preocupação com uma lancheira atrativa e saudável para os filhos.

Uma dica para facilitar o dia a dia é pensar na lancheira das crianças antes da compra dos alimentos, envolvendo os pequenos e perguntando quais suas vontades, tentando atendê-los na medida do possível. Outra dica está no pré-preparo de lanches que podem ser guardados prontos ou quase prontos, como, por exemplo, armazenar as frutas em potinhos na geladeira e, nos finais de semana, deixar bolos e pães caseiros prontos, sendo, inclusive, um momento de diversão com a família, incluindo as crianças na hora do preparo.

Algumas ideias práticas e saudáveis de lanches são frutas mais adocicadas, que as crianças gostam, além de iogurtes, vitaminas, sanduíches naturais e simples bolos caseiros.

com o consumo regular de frutas, por meio da criação de bons hábitos desde a infância, as crianças podem se proteger na vida adulta de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Incluir frutas nos lanches,intermediários, é uma ótima estratégia nesse sentido. Banana, maçã, mexerica, pera, morango e uva são opções práticas, que podem ser levadas, higienizadas e guardadas em potinhos, para a criança apenas descascar na hora de comer.

Outra alternativa são os sanduíches naturais com pães, preferencialmente, integrais, folhas, tomate, cenoura, beterraba e queijos, que devem ser preparados no dia de seu consumo. Lembre-se de higienizar as folhas e os demais ingredientes e já guardá-los picados em saquinhos bem fechados na geladeira.

Outra opção prática para dias mais corridos são as bebidas lácteas, como, por exemplo, a Bebida Láctea com Cereais Piracanjuba Quinoa, Linhaça e Chia e o Pirakids School, que vêm em embalagens pequenas de 200 ml e podem ser levadas na mochila sem a necessidade de refrigeração.

Portanto, o ponto-chave para a confecção de lancheiras saborosas e saudáveis, sem que sejam uma fonte de estresse para os pais, está, principalmente, no diálogo com a criança para entender os seus desejos, no envolvimento delas na execução, no planejamento prévio e na realização de pré-preparo.



Compartilhe com seus amigos



2 gostei